Estão abertas as inscrições para participar do Primeiro Encontro Internacional – Ecologia, Biodiversidade e Espiritualidade. Entre outros temas, serão discutidos assuntos como agricultura sustentável, agroecologia e agricultura orgânica, com a presença de palestrantes estrangeiros. Dirigido ao público em geral, o evento acontece entre os dias 23 e 30 de setembro, em Santo Antônio do Descoberto.

Mais informações em: http://www.granfraternidaduniversal.org/ 

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo do Curso Internacional Conservação da Biodiversidade através do Manejo Florestal Ecologicamente Responsável das Florestas Produtivas da Amazônia.
O curso, que durará 11 dias e será realizado a maior parte em campo, é uma ação do projeto Fortalecimento Institucional dos Países Membros da OTCA em Manejo Florestal Ecologicamente Responsável e Conservação da Biodiversidade em Florestas Manejada da Amazônia (OIMT/CDB/OTCA).

O custo total do investimento por participante será coberto com recursos do projeto, que abrange os seguintes itens:

• Passagem aérea internacional do país de origem para o país sede do curso, ida e volta, na classe econômica.

• Transporte do aeroporto local - CER-aeroporto e para movimentos na cidade-sede do evento.

• Alojamento

• Alimentação

• Materiais de treinamento

• Certificado de participação e aprovação do curso

• Seguro médico no país sede do curso

Forma de inscrição: Envio de formulário de aplicação para o endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com cópia para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Documentos:

• Formulário de aplicação
Informação convocação do curso

Período de inscrição: até 27/08/2018


Investimento: Gratuito

Perfil desejado dos inscritos: Profissionais do setor florestal dos oito países membros da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), que atuam principalmente em campo, em instituições de governo, organizações não governamentais, pesquisa e ensino, e empresas privadas, que estejam envolvidos em diversas atividades de manejo florestal, sobretudo aquelas que incluem a participação de comunidades.


Mais informações: http://www.otca-oficial.info/news/details/387 

Foi realizada, nesta segunda (19), a cerimônia oficial de abertura do 8º Fórum Mundial da Água, que começou nesse domingo (18), com o lançamento da Expo no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Até sexta (23), a arena esportiva e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães serão sede do encontro internacional.


A solenidade que dá início às mesas de debate do evento ocorreu no Palácio do Itamaraty e contou com a presença de diversas autoridades, entre as quais chefes de Estado. Ao abrir oficialmente o Fórum, o presidente da República, Michel Temer, falou da necessidade de abordar o tema de forma coletiva. “O desafio da sustentabilidade é complexo. Exige políticas coordenadas e ações permanentemente integradas dentro dos países e entre os países”, disse.


Temer ressaltou que o compromisso do Brasil com o desenvolvimento sustentável é histórico, ao citar eventos sediados no País, como a Rio 92 (a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, em 1992) e a Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, em 2012).
Para o chefe do Executivo local, Rodrigo Rollemberg, o 8º Fórum Mundial da Água deve deixar um legado para esta e para as futuras gerações. “Estamos tratando do tema mais importante para o futuro da humanidade. Nada pode nos unir tanto quanto a água.”

O governador destacou os efeitos em Brasília da grave seca dos últimos anos e da ausência de cuidados com o tema nas gestões anteriores. “O expressivo crescimento populacional ao longo de décadas, associado à falta de investimentos em infraestrutura e a três anos com volume de chuvas muito abaixo da média histórica, nos levou a uma crise hídrica. O apoio da população, aliado aos investimentos feitos pelo governo, nos permite vislumbrar tempos de segurança hídrica.”

Também discursou no Itamaraty o presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga. “A gestão compartilhada e eficiente da água é um dos marcos da segurança hídrica. Com mais de 1,2 bilhão de pessoas vivendo em bacias hidrográficas onde a regra é a escassez, é importante o compartilhamento dos recursos”, enfatizou.

Participaram da abertura do 8º Fórum Mundial da Água autoridades de Cabo Verde, Coreia do Sul, Eslovênia, Guiana, Guiné Equatorial, Hungria, Japão, Marrocos, Principado de Mônaco, São Tomé e Príncipe e Senegal.

Vila Cidadã tem atrações gratuitas - Apesar de a abertura do 8º Fórum Mundial da Água ter sido apenas hoje e de a Expo ter iniciado ontem, a Vila Cidadã funciona desde sábado (17).
O espaço é aberto ao público e oferece atrações das 9 às 21 horas. Em dois dias, cerca de 25 mil pessoas passaram por lá. A área tem mais de 10 mil metros quadrados e fica no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Para ter acesso à Vila, basta se credenciar no site oficial. O registro pode ser feito no local, mas, de acordo com a organização, o envio antecipado dos dados ajuda a evitar filas.


O que é o Fórum Mundial da Água - Criado em 1996 pelo Conselho Mundial da Água, o fórum foi idealizado para estabelecer compromissos políticos acerca dos recursos hídricos.

O coordenador da rede de pesquisa AquaRiparia, o professor José Francisco Gonçalves Júnior, fará duas apresentações, nesta terça (20), durante o Fórum Mundial da Água, que acontece em Brasília, entre os dias 18 e 23 de março. O AquaRiparia será o foco das palestras. A primeira palestra é direcionada aos alunos do ensino médio e fundamental e aberta ao público em geral que circula pela Vila Cidadã. Já a segunda palestra começa às 15 horas e é destinada aos inscritos na Expo, fórum que acontece no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

STAND - Além das apresentações, o AquaRiparia está representado no 8º Fórum Mundial da Água em stand lúdico instalado na Vila Cidadã.  

 

SERVIÇO:

Palestra: AquaRiparia/Pró-Águas: qualidade de água em bacias hidrográficas no Cerrado, uma ponte da ciência à sociedade 

Palestrante: Dr. José Francisco Gonçalves Júnior

 

20/03/2018                                                                                                       20/03/2018

12 às 12:45                                                                                                        15 às 15:30

Público-Alvo: Alunos do ensino médio e fundamental                                  Público-Alvo: Acesso restrito aos inscritos na Expo

Local: Vila Cidadã                                                                                              Local: Expo - Centro de Convenções Ulysses Guimarães 

Página 1 de 3