Marque na agenda!
Dias 27/08 às 8 hrs e 31/08 às 8 hrs acontecerão as defesas públicas das teses de doutorado:

📍 Desenvolvimento de um framework para avaliação da integridade ecológica de riachos - Doutoranda Camila Aida Campos Couto (27/08)

📍Os efeitos da heterogeneidade ambiental no fluxo de energia em riachos do cerrado - Doutoranda Dianne Michelle Alves da Silva (31/08)

Ambas possuem o coordenador do projeto AquaRiparia e presidente da TWRA como orientador - Prof. Dr. José Francisco Gonçalves Júnior.

 

OBS.: A divulgação do link de inscrição estará na bio do Instagram da TWRA (clique aqui) uma hora antes de cada defesa! 

 

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) anunciou, nesta quarta-feira (16), às 9h, os primeiros projetos de revitalização de bacias hidrográficas, selecionados no Edital Nº 01/2021 SNSH-MDR realizado em fevereiro de 2021, que serão patrocinados também por meio do Programa Águas Brasileiras. Essas iniciativas vão receber mais de R$ 6 milhões para ações de recuperação e conservação.

Um dos projetos selecionados foi o da Tropical Water Research Alliance - TWRA intitulado "Desenvolvimento Sustentável e Conservação da Biodiversidade da Bacia Hidrográfica do Tocantis-Araguaia", que tem como objetivo desenvolver tecnologias ambientais e oferecer apoio metodológico para o desenvolvimento do manejo integrado e sustentável de bacias hidrográficas tropicais, por meio do treinamento de equipes e da mitigação dos efeitos da degradação ambiental e das mudanças climáticas. Além disso, um programa de incubação de startups e a capacitação sobre o tema fazem parte da iniciativa.

O projeto foi apresentado pelo Presidente da TWRA e Coordenador do Projeto AquaRiparia, Prof. Dr. José Francisco Gonçalves Júnior que obteve patrocínio do Itaú-Unibanco de R$ 2 milhões para o seu desenvolvimento.

Para mais informações sobre o Programa Águas Brasileiras, o Projeto da TWRA e o lançamento do MDR, acesse os links que estão localizados no início da notícia.

Abaixo estão os prints do lançamento realizado através do YouTube do MDR:

 

Foi veiculada uma reportagem pelo Bom Dia DF da Rede Globo, dia 08 de junho de 2021, onde dão destaque ao Rio Melchior, em Ceilândia, que apresenta mau cheiro e água escura, estando no último nível de degradação. A reportagem fala como o caso do Rio Melchior está crítica, e que isso vem se arrastando desde 2012 sem que as autoridades tomem uma decisão quanto a essa situação. O coordenador do projeto AquaRiparia e professor de Ecologia da UnB, Prof. Dr. José Francisco Gonçalves Júnior falou sobre a poluição do Rio Melchior: “Os rios do cerrado que são pobres em compostos nitrogenados, fósforos e com baixa matéria orgânica, normalmente não formariam espumas. Esses elementos químicos em excesso, promovem a formação dessas espumas, formando sais que criam a espuma e adensam em ambientes poluídos, sobretudo, aqueles que recebem lançamento de esgotos clandestinos ou não tratados, efluentes de aterros sanitários, como a gente observa no Rio Melchior.A Caesb informou que tem se empenhado para resolver o problema e está investindo cerca de R$ 50 milhões em obras de melhorias nas Estações de Tratamento de Esgoto Melchior e Samambaia para a modernização e troca de equipamentos. A previsão é terminar essas obras até o fim de 2021.

Para assistir a reportagem na íntegra, veja aqui:

Captura de Tela 222

Relembre as notícias anteriores:

 

 
A feira foi aberta na terça-feira, 8, e vai até o dia 13 de dezembro, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.
No estande do CNPq, além de duas exposições fotográficas, da história do CNPq e do projeto Pioneiras da Ciência, apresentamos a Aliança Tropical de Pesquisa da Água (Tropical Water Research Alliance – TWRA), iniciativa que visa desenvolver tecnologias ambientais e oferecer apoio metodológico compartilhado para o desenvolvimento do manejo integrado e sustentável de bacias hidrográficas tropicais, através do treinamento de equipes e mitigação dos efeitos da degradação ambiental e mudanças climáticas.
A TWRA é coordenada pelo bolsista PQ do CNPq e Professor da 
UnB - Universidade de Brasília
, José Francisco Gonçalves Junior, que conta um pouco mais sobre o projeto e suas ações.
 
Veja no vídeo abaixo:

De 7 a 13 de dezembro, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) promove no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília, a edição presencial da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2020. O tema do evento é: “Inteligência Artificial, a nova fronteira da ciência brasileira”. A SNCT vai contar com estandes das secretarias do ministério, unidades vinculadas e parceiros do evento, palestras trazendo usos e reflexões sobre a IA em diferentes setores do país. A exposição contará ainda com uma estande da TWRA onde será possível conhecer os projetos vinculados e redes parceiras, bem como ficar por dentro das soluções aos problemas relacionados à água em ecossistemas tropicais que a Aliança propõe. Também estão presentes no estande os guias produzidos pelo projeto AquaRiparia: Viveiros Escolares, Missão Nascente e Modelo Ecopedagógico, e os insetos bioindicadores da qualidade da água em forma de pelúcia.

O objetivo da SNCT é mobilizar crianças, jovens e famílias em torno da ciência e tecnologia. Em outubro, grande parte da programação da Semana foi realizada de maneira virtual por meio do canal do ministério no YouTube, dentro da programação do Mês Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovações (MNCTI), criado este ano.

Saiba mais: 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia